quinta-feira, 23 de abril de 2009

Essa não podia deixar passar em branco

Notícia veiculada hoje no portal Terra:


"Deputado quer passagem para familiar que estiver de aniversário

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) se posicionou contra as restrições no uso da cota de passagens dos parlamentares que foram apresentadas nessa quarta-feira. Conforme ficou acordado pela Mesa Diretora da Câmara, os bilhetes aéreos serão de uso restrito dos políticos. "No aniversário dos familiares precisamos tê-los aqui, ou vamos acabar ficando nos Estados", ameaçou Barros.

Também ficou decidido que quando assessores precisarem viajar para representar o deputado em algum lugar do País, uma comunicação oficial deverá ser feita para a terceira secretaria que irá autorizar ou não a emissão da passagem custeada pela Casa. Outra medida é a divulgação desses gastos na internet.

O deputado Sílvio Costa (PMN-PE) também protestou contra as restrições. "É preciso acabar com esse teatro da hipocrisia. A maioria dos parlamentares desta Casa é casado. Então, agora, só quem pode ser candidato a deputado é o solteiro? As mulheres dos deputados não podem vir a Brasília? Os filhos dos deputados não podem vir a Brasília? Que onda é essa? Onde é que foram buscar essa lei? Que decisão esdrúxula é essa?", perguntou.

"

Os nobres deputados estão reclamando que o governo não "quer mais" bancar passagens de seus familiares? Ainda dizem e "ameaçam" que vão acabar ficando em seus estados?

E chama a Lei de esdrúxula?

Deviam ser cassados só por defender abertamente esse tipo de regalia.

Qualquer trabalhador comum quando se emprega em outra cidade ou estado leva consigo seus entes mais próximos. E visita seus mais distantes semanalmente ou mensamente. Isso poque concorda com a mudança por conta de se manter empregado.

Essa cambada, essa corja de salafrários, que ganham horrores, tem benefícios diversos, auxílio-desodorante, regalias, deixam o congresso vazio a maior parte do ano, ainda reclamam?

"Brasil, mostra sua cara"

São estas pessoas que aprovam leis que regem nossa sobrevivência, nossa condição de cidadão. É na mão dessas pessoas que está o futuro de nossos filhos. Na mão dessas pessoas estão nossa educação, nossa segurança, nossa assistência médica.

Ou seja, estamos, desculpe o termo querido leitor, "fudidos".

4 comentários:

PauLiNha Blogger disse...

Olá Julio...
Muito interessante seu blog!
Essas cotas de passagem ja virou um assunto engraçado, talvez até pra distrair a população e ficar por isso mesmo...
Acho um absurdo essas regalias que os politicos tem. Gastam um absurdo de dinheiro com coisas superfluas e depois vem falar que a população precisa ajudar mandar ajuda Pro Sul, pra não sei onde.....
Tiram sempre de quem tem pouco e eles sempre lucrando mais.....
Rsss
Beijos

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador..Julio.Verdi (pseudonimo?)
Para completar a loucura do nosso pais, hoje por acaso ouvi no radio do carro a seguinte noticia.
A Rio(alguma coisa) onibus... enviou aos idosos portadores de passe gratis uma carta de alerta dizendo que estes idosos safadinhos estão usando demais o passe gratis contrariando um artigo da constituição ! é a loucura total... já noticiaram nos RJ e outros portais... de tão absurda a situação... Enquanto os "nobres " deputados sentirem-se seguros para "se lixarem" com a opinião publica vamos continuar literalmente fudidos, sem perdão pela palavra!
Venha nos visitar mais vezes!

Izinha disse...

Oi Júlio,

gostei de te conhecer e do teu blog, isso podemos chamar de Brasil...

bjos prá ti!

Anônimo disse...

VIM ATRÁS DO TEU RASTO, ESTOU SEMPRE LENDO A IZINHA E VI LÁ O TEU ALERTA DO BLOG.
DEIXO-TE UMA PALAVRA LAVRADA EM CARINHO.

-SAUDADES DA NOSSA TERRA
SAUDADES DE VÓS PEQUENA,
SAUDADES DA MINHA SERRA
DO TEU OLHAR MINHA ESTRELA...


DE-----COIMBRA.