quinta-feira, 21 de maio de 2009

Ode à Noite


(Palavras de um tal de Júlio Verdi...rsss)


Ó noite bela e misteriosa
Porque és tão atraente
Porque escondes os pecados?
Escondes os desejos?

Porque nos sentimos atraídos por viver nas suas sombras?
Talvez porque nos cobre com generosas doses de solidão
Nos faz escondermos do mundo
A verdade que somos

Ou porque tens a ousadia de ocultar a luz
De ser a renegada do tempo
Ó noite, porque teu sabor é tão irresistível?

Porque nos faz querer suas horas?
Porque são tão saborosos seus cantos
Por mais que as luzes se esforçam em apagar seu charme
Tú sempre consegues nos envolver

Como és bela noite
Como é doce o planar sobre tu
Como é doce seus segredos, seu perigo, seu atrevimento
Como é bom contar com sua cumplicidade

Tentadora é sua proposta
Adentramos em seu tempo
Nos perdemos em seu tempo
Mas queremos que seu tempo pare para nós

Encantadora e bendita sejas tú, linda noite
Que embriaga o poeta
Acolhe as loucuras dos amantes
Abrevia e ameniza o suor dos humildes

Sem tu, o amor não teria poesia
A música não teria melodia
A vida sua simpatia
O exagero sua serventia

Ó querida noite
Prove ao mundo que sem tu
O dia não seria o dia

21 comentários:

Soraya disse...

muito bonito, muito legal mesmo, agora dá só uma olhada nesse site: http://www.atelierdosofa.com.br/
o design dele é muito legal, ele foi desenvolvido pela NAMP (namp.com.br)

Andrielle disse...

nossa que lindo...

Priscila Rôde disse...

Muito bom!

Magnum Borini disse...

Loko seu blog! adorei!

Flower disse...

Obrigada por seu email. respondi
Legal seu blog.
beijinhos

joh excambau! disse...

vi lah seu link na rolling stone... curte um som neh?

dah uma olhada no nosso então...
www.myspace.com/excambau

Nanda disse...

Olá...

adorei...
e já virei fã...rs

bjs

Lilian Barbosa disse...

A noite realmente é fascinante.
Talvez por carregar um profundo mistério consigo e uma beleza inexplicável externada pelas estrelas e/ou pela lua.
Lindas as noites! Mais bonitas ainda quando paramos para observá-la o quão bela é sem precisar de muito, apenas da mais pura simplicidade.
Gostei do poema!
Parabéns!

Renata Christina disse...

Parabéns pelo conteúdo do blog! Sucesso sempre!

Fernanda disse...

Perfeito!Adorei!Você possui o dom das palavras, moço!Meus parabéns!Continue assim que irás muito mais longe!Abração!

Fátima disse...

Obrigada pelo convite, já está entre os blogs que leio.
Gostei dos temas abordados e das poesias.
Beijoca.
Fátima

F.ponto disse...

visitei e gostei. conexões. dá uma olhada no nosso blog: quentemando.blogspot.com, lá tem um link pra Giulia Terra, e pra Ode ao Sol...
saudações
F. quentemando

Simona disse...

muito interessante seu blog,virei mais vezes, obrigada pela visita!!! Muito linda sua poesia da noite, parabens!!!

Simona disse...

recebeu meu coments anterior?

jverdi disse...

Simona

Tentei encontrar um email de contato pra agradecer a visita, mas não localizei.

Grato pelas palavras e fico feliz que tenha gostado.

Td de bom pra vc...

Julio

Thaís Cardoso disse...

Olá, Júlio!
Na verdade, acompanho seu blog já faz um tempinho, desde que nos conhecemos no meio do ano passado no Vila Dionísio. Confesso que já fazia um tempinho que não passava por aqui! Bom saber que agora você conhece meu blog!

Abraços!

Lucy in the Sky with Diamounds disse...

Olá, Júlio!!! Obrigada pelo convite!
Adorei o seu blog!!! Meus Parabéns!
Belíssimo poema! É de sua autoria?

Beijos

Marcinha disse...

Linda mensagem...
Obrigada pelo convite!
Marcinha
=)

sheila disse...

Muito bonito mesmo...:)

Flor de Liz disse...

Não sei o que seriam dos amantes, dos boêmios e dos letárgicos se não fosse a intimidade recatada e escancarada da noite... só a lua para delatá-los....
gostei muito...
obrigada pela visita...
:))

manupink disse...

OI JULIO ADOREI ESTA POESIA!!!!
PARABENS!!!!
O BLOG TB MUITO MASSA!!!
ASSUNTOS INTERESSANTES .
BJOKAS, MANUPINK